PERCURSO #4: VILA REAL / JARDIM IATE CLUBE / BAIRRO DOS MUNICÍPIOS

O quarto percurso da pesquisa de campo corresponde à região que compreende aos bairros Vila Real, Jardim Iate Clube e Municípios. Esta região está localizada na porção oeste da cidade, tendo como limites a BR-101 e os rios Peroba e Camboriú. Sofre grande influência da área de preservação desses rios, com maior presença de áreas verdes e árvores junto às suas respectivas margens. Esta região é uma das primeiras áreas ocupadas da cidade, onde vivem muitos moradores antigos, grande parte deles ligados à pesca e ocupando os lotes mais próximos ao rio Camboriú.

A Vila Real é um dos bairros mais tradicionais da cidade, abrigando muitos moradores nativos. Seu nome e de suas ruas, que fazem menção à Portugal, estão ligados ao grande número de açorianos que ali fixaram residência. O bairro, localizado junto à margem esquerda do rio Camboriú, apresenta a Via Gastronômica, conhecida pela presença de diversos restaurantes de gastronomia típica, de frutos do mar e internacional. A Via acompanha o desenho do rio e está em contato direto com sua mata ciliar, formada por um conjunto bem significativo de árvores de grande porte, que promovem um ambiente de belas paisagens.

O Jardim Iate Clube também está localizado junto à margem do rio Camboriú, numa curva bem fechada, cercada por áreas de preservação ambiental, entre as ilhas do Pinheiro e do Serafim. Este bairro é marcado pela existência de muitas marinas, sendo o Iate Clube Camboriú a mais antiga, inaugurada em 1959, e que acabou por dar nome ao local. O interior do bairro é pouco arborizado, apresentando como áreas verdes, exclusivamente, a mata ciliar nas margens do rio.

O bairro dos Municípios, que apresenta suas ruas com nomes de municípios catarinenses, está localizado na área formada pelo encontro dos rios Peroba e Camboriú. É ocupado essencialmente por uma população de baixa renda, que imigrou para a cidade a partir da década de 1980. O bairro apresenta alguns equipamentos urbanos de grande importância, como o Hospital Ruth Cardoso, a Universidade do Vale do Itajaí, além de diversas instituições de interesse público. Dentre os elementos naturais que se destacam no bairro, um é o rio Peroba e sua mata ciliar que, acompanhados pela Sexta Avenida, criam um ambiente bastante agradável para o morador vizinho, mas que, eventualmente, sofre com os alagamentos.

O elemento paisagístico de maior destaque neste percurso é o Parque Natural Raimundo Malta, o único parque público da cidade. É um parque de grandes dimensões, com 172.675 m², localizado na margem esquerda do rio Camboriú, junto à confluência dos corpos hídricos rio Gamboa, Braço do Rio e Largo do Balaio. Inserido em área de densa mata ciliar, formada pelo ecossistema de manguezal, está registrado como Unidade de Conservação Ambiental, desde 1993. Além das áreas de lazer e passeio, o Parque é composto por uma série de estruturas de serviço público de caráter ambiental, em especial a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e seus departamentos. Inclui ainda uma grande área de transição entre a UC e a mancha urbana, chamada de Zona de Amortecimento do Parque Raimundo Malta, localizada nos fundos do hospital e da universidade.

Outro elemento paisagístico que marca o percurso é o conjunto arbóreo linear presente nas margens da rodovia BR-101. Este conjunto acompanha todo o percurso, além de grande extensão da rodovia, sendo formado por árvores de grande porte de diversas espécies nativas e exóticas, o que auxilia na redução do impacto (visual, sonoro e psicológico) provocado pelo trânsito rodoviário intenso, além de assumir o papel de corredor ecológico.

Via Gastronômica acompanha o traçado do rio Camboriú, com a presença de árvores de grande porte em sua mata ciliar
Árvores de grande porte na mata ciliar do rio Camboriú formando ambientes de conforto e vivências no espaço público
Conjunto de árvores de grande porte junto ao grupo escolar no centro da Vila Real
Flamboyant de grande porte na Vila Real, com destaque à implantação indevida gerando conflitos com o fluxo da calçada
Entrada do Parque Natural Raimundo Malta, área protegida ambientalmente como uma Unidade de Conservação
Sinalização das estruturas disponíveis no Parque Natural Raimundo Malta
Estruturas da Secretaria Municipal de Meio Ambiente dentro do Parque Natural Raimundo Malta
Área de lazer, gramado e playground, dentro do Parque Natural Raimundo Malta
Trilha ecológica junto ao manguezal do Parque Natural Raimundo Malta
Rio Peroba e sua mata ciliar, com árvores de grande porte, junto à Sexta Avenida
Praça de Integração Vereador Wilson P. Achutti, junto ao encontro do rio Peroba e um de seus afluentes
Árvores de grande porte junto a rodovia BR-101

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s